O medo não me demove

Temos de lutar pela nossa felicidade, sempre!

E isto é válido tanto na vida pessoal como profissional.

Quando algo nos faz infeliz, é arregaçar as mangas e tentar resolver, dar hipóteses, falar, abrir o jogo de peito aberto e fazer tudo por tudo, é ir à luta e abdicar de algumas coisas em prol de todos.

Mas quando ainda assim, nada do que tentas resulta, o melhor será ir embora e procurar a felicidade noutras paragens.

O medo do desconhecido estará presente, mas o medo não nos pode paralisar.

O importante é ser humano para com todos e manter a consciência tranquila, o resto surge.

A vida é demasiado curta para passar por ela sem a viver verdadeiramente.

Cada um de nós tem valor, cada um de nós é bom a fazer algo, cada um de nós pode pensar pela sua cabeça sem limitações, sem medos.

Se não te valorizam, se não és feliz onde estás, se não concordas com o que te rodeia, vai à luta e muda a tua vida, seja qual for o contexto.

De que vale estares num relacionamento que não te faz feliz?

De que vale ires trabalhar todos os dias num local onde não encaixas?

O dinheiro que ganhas não vale tudo, "status" não dá felicidade, a "imagem" não é nada, pois o que conta é o que vives!

A mim o medo não me demove e nunca me dei mal com isso.


6 comentários:

  1. Sofia Felizardo12.1.17

    Espero que a vida te continue a trazer desafios interessantes para que possas superar-te. Eu também pertenço ao grupo que não consegue ficar num trabalho se não me sentir feliz, independentemente do dinheiro, etc. Penso que as pessoas têm todas um limite, ninguém consegue fingir ser feliz para sempre quando está numa situação onde não encaixa...mais tarde ou mais cedo a coisa revela-se, mas o pior é quando se habituam a essa tristeza camuflada... Um dia olham para trás com azedume. Arrisca sempre, o não é garantido, mas se consegues o sim, aí o céu é o limite!

    ResponderEliminar
  2. Um amigo dizia-me, nunca deves perder muito tempo, nos sitios que nao gostas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mauro,

      Concordo com isso, mas tens sempre de criar condições para mudar, ou seja, por vezes demora um pouco de tempo :-)

      Abraço.

      Eliminar
  3. Anónimo19.5.17

    O medo paralisa, faz nos morrer por dentro e depois, o dia nasce outra vez!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certo!
      É como o sol, nasce sempre todos os dias ;)

      Eliminar

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias