Saudades

 
A idade fez-me perceber a saudade de outra forma;
 
Saudades não dependem do tempo que passo sem te ver, mas tão somente do espaço que nos separa;
 
Eu não sinto saudades só nos poucos dias que não nos vemos, sinto sim, logo que sais do meu campo de visão;
 
É bom ter a certeza de que não preciso de ninguém para ser feliz, no entanto sou tão mais feliz contigo a meu lado, e confesso sentir saudades no segundo imediatamente seguinte a não estares;
 
Repara: todos os dias tenho saudades de coisas tão simples e aparentemente desinteressantes, como seja a refeição que preparámos a meias na noite anterior;
 
Repetidamente ao longo do dia tenho saudades de pequenos nadas, de tudo quanto falamos e até dos poucos silêncios, invariavelmente cúmplices;
 
Sinto até mais: sem na época ter consciência disso, percebo agora que ao longo dos vinte anos em que a vida nos separou, tive saudades de te ver passar;
 
E só não sabia que aquele vazio indefinido e inexplicável, era tão somente sinónimo de saudades tuas!


2 comentários:

  1. Anónimo6.11.15

    Se considerarmos que saudades podera ser por algo, mesmo que não seja alguém, então entendo-te perfeitamente, pois levei mais de 15 anos a perceber o quanto " algo " que nos vai na memória nos surge de novo por acaso, e volta a despertar aquele sentimento de que e aquilo que te completa

    ResponderEliminar
  2. Obrigado anónimo(a).

    O que acho mais mágico na escrita é o maravilhoso mundo de interpretações diferentes que cada pessoa que lê pode fazer.

    Eu sei o que me levou a escrever este texto, se de alguma forma me entendeste perfeitamente, fico genuinamente contente :)

    ResponderEliminar

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias