Poesia criativa


Recebi uma mensagem privada no Facebook da página Laudas Avulso a encomendar uma pequena poesia de amor!

A referida pessoa (que irei manter no anonimato) pretende uma só quadra bonita e singela para dedicar a quem ama, indicando-me também as regras que devo cumprir:

A mensagem tem de ser doce;
O texto tem de rimar.

Isto levanta-me desde logo um grande problema - nunca me deu para fazer poesia, quadras, nem tão pouco algo similar, mas como a um(a) leitor(a) nunca se recusa um pedido, cá vai disto:

Gosto de tim,
Como de bolas de Berlim;
Gosto de abraçar-te,
Como de comer chocolar-te.

Afinal não é difícil rimar!




0 comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias