Até já


Perante as novas circunstancias tão repentinas e totalmente imprevisíveis, até estava bastante calmo, feliz e totalmente consciente.

Já o mesmo não podia dizer da sua mulher, embora calma, estava visivelmente triste e apática, no entanto continuava a tentar não se focar nesse facto, neste momento tinha de ser um pouco egoísta e a verdade é que nestes últimos dias tinha evitado ao máximo voltar a sua atenção para ela pois ainda se sentia em risco de perder o equilíbrio.

Era estranho tê-la ali ao lado e passar os últimos 3 dias sem lhe dirigir a palavra (excepto por breves momentos e durante a madrugada) - mas fazer o quê? O que tem de ser tem muita força - pensou - e nesta última noite ela demonstrou uma compreensão elevada sobre o tema, pese embora limitada por força do meio envolvente em que se encontra, conseguia ter alguns momentos de lucidez durante esses instantes noturnos.

Desde hoje de manhã, já se sentia de tal forma equilibrado que tinha feito questão de fazer todo o caminho a pé ao seu lado, em silêncio, observando tudo com especial atenção, principalmente o que era "novo" para os seus sentidos... e tinha tanta coisa nova que não imaginava! - Está na hora, vamos? - era o Horácio, nem tinha dado por ele chegar! 

- Sim, só mais um instante por favor - respondeu e dirigiu-se à sua mulher com o objetivo de se despedir, mesmo sabendo que ela não o conseguiria ouvir abraçou-a carinhosamente e ao ouvido segredou-lhe o quanto a amava.

- Dai-lhe Senhor o eterno descanso - ao ouvir esta frase desviou a sua atenção para o padre, a cerimonia fúnebre estava quase a chegar ao fim, olhou de relance para o caixão, depois olhou para todos os amigos e familiares presentes, por último viu Horácio pacientemente à sua espera, voltou novamente a sua atenção para a viúva, beijou-lhe a face e despediu-se - ânimo amor, é só um até já e sempre que for possível vemo-nos quando estiveres a dormir.


0 comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias