Quantos?

Revolta-me aquela gentinha que pensa poder fazer tudo, que é pequenina de tanto pensar ser grande, que se comporta como naquele célebre vídeo de bullying na Figueira da Foz!

E existem tantos por aí…

Quantos pais e mães de família vivem em guerra aberta diariamente com aquele(a) com quem partilham a cama?

Quantos seres adoráveis infernizam a vida do(a) ex amor da sua vida só porque sim, numa amplitude de razões que vai desde o ser fácil fazer papel de vítima (é cómodo a culpa ser sempre do outro, assim nunca contribuímos com nada), ao se não és minha/meu, não és de mais ninguém?

Quantos adultos se entrincheiram atrás dos cargos de chefia e fazem trinta por uma linha aos colaboradores que estão sob a sua responsabilidade, causando nódoas negras sem lhes tocar com um só dedo?

Quantas troikas sugam quem nada tem, quem nunca contribuiu para a desgraça de um qualquer país?

Quantas agências de rating esbofeteiam organizações públicas, privadas e/ou estados porque dá jeito a um qualquer alguém?

Quantos banqueiros e/ou empresários decidem a vida de milhares em função dos milhões que podem entrar nos seus bolsos?

Quantos de nós olham nos olhos de um sem abrigo?

Quantos de nós sabem o que é não ter nada a perder a caminho de uma qualquer Lampedusa?

Quantos badamecos destes existem por aí?

Quantos?!

O mal só se sobrepõe ao bem, porque os bons andam calados… quantos somos? E até quando?


2 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado João :)

      Vai passando e deixa feedback, a malta que escreve em blogues gosta disso :P

      Eliminar

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias