Nada acontece por acaso


Recentemente tive a oportunidade de estar presente num local onde surgiu em conversa um tema que provocou troca de ideias com pontos de vista diferentes. Achei interessante, deixou-me a pensar (o que é sempre positivo) e provocou a necessidade de escrever este texto.

Nada acontece por acaso, sim, concordo com este conceito, mas para me explicar em condições terei de contextualizar:

Cada um de nós é somente um individuo no meio de 7 biliões de pessoas que habita este pequeno planeta azul em orbita de uma estrela a que chamamos Sol, essa estrela é somente uma das cerca de 200 biliões de estrelas nesta galáxia, cada uma delas com planetas na sua órbita e isto só na Via Láctea, ora a nossa galáxia é somente uma entre cerca de 170 biliões de galáxias que a ciência calcula existir, cada uma das galáxias com biliões de estrelas e ainda mais biliões planetas, dentro de um Universo infinito ou que é só um entre vários possíveis!

E como é que tudo isto surgiu? Com uma explosão enorme a que se deu o nome de Big Bang… mas e antes? O que haveria antes do que deu origem ao Big Bang? E ainda antes disso? E mais atrás? E antes, e antes, e ainda antes?!

Não se sabe! Mas como é facilmente entendível pela lógica, não é possível o nada criar coisa alguma e só com isto o acaso morreu!

Logo e embora não acredite minimamente no Deus bíblico (o velhinho de barbas brancas que está lá em cima a olhar para o que nós fazemos), acredito em algo grandioso, que não conheço minimamente, que não tenho capacidade de entender, uma inteligência suprema a que convencionámos chamar Deus, mas se preferirem e se for mais confortável para vocês chamem-lhe outra coisa qualquer, assim e embora não acredite no destino pois como é obvio as nossas decisões formam o nosso próprio destino, coloco a hipótese de muitas das coisas que marcam a nossa vida e que consideramos um acaso, serem talvez acasos que deram muito trabalho a preparar (risos), mas há mais: considero a hipótese de nada acontecer por acaso, mas como não somos fantoches e temos livre arbítrio, acho que algumas coisas (muitas?!) podem acontecer por acidente, confusos? Ótimo! Se vos fiz pensar com estas linhas o objetivo foi alcançado, venham daí as vossas opiniões mesmo que completamente contrárias às minhas.


0 comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias