E tu?

O medo isola, impede de viver coisas boas e diferentes, complica o simples... o medo vê mal em tudo, cria guiões inteiros e complexos de filmes que não existem, o medo impede de sair da zona de conforto e faz desperdiçar oportunidades únicas... normalmente só identificadas como únicas já demasiado tarde!

Os meus medos passaram a ser desafios, mais vale tarde do que nunca... e se é para derrubar muralhas altas, caraças, vai-se sempre a tempo!


0 comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias