Instruções para a correta utilização das luzes do veiculo


Depois das instruções para a correta utilização de elevadores, o Laudas Avulso decidiu continuar a nobre missão de produzir serviço publico de qualidade, desta vez com instruções valiosas sobre como utilizar corretamente as luzes de um automóvel!

O nobre leitor pode cair na tentação de pensar que todos os que têm carta de condução sabem perfeitamente como usar as luzes de um automóvel... mas a julgar pelo que se vê, a realidade parece ser outra, daí que se calhar vale a pena ler isto.

Mínimos
Basicamente não servem para nada, no dia a dia faça de conta que não existem e limite-se a ir verificando regularmente que não estão fundidos (para não ser multado).

Luzes de dia
Uma boa parte dos veículos já estão equipados com luzes de dia, são aquelas luzes que parecem servir simplesmente para embelezar a frente do carro, mas na realidade servem para tornar o carro visível a uma maior distância durante o dia (e isto pode fazer mesmo a diferença).

Caso o seu carro esteja equipado com estas luzes, a sugestão passa por as configurar de forma a que se mantenham sempre acesas.

Médios ou luzes de cruzamento
Devem ser usadas desde o anoitecer até ao amanhecer. Devem também ser usadas sempre que as condições climatéricas assim o justifiquem (nevoeiro, chuva, neve e fumo). 

Os médios devem ser ligados quando o sol está numa posição de tal no horizonte que dificulta a visão (encandeamento), a regra aplica-se sobretudo quando olhamos pelo espelho e não vemos nada. Nestas condições os condutores que circulam em sentido contrário não conseguem ver um boi, os médios ajudam a sermos vistos. 

Máximos
Devem ser usados desde o anoitecer até ao amanhecer, em substituição dos médios (os médio devem ser usados exclusivamente quando nos cruzamos com outros veículos, ou caso siga um veiculo à nossa frente).

Atenção ao paragrafo anterior. Releia-o antes de continuar!

Sim, é mesmo verdade, os máximos devem andar sempre ligados, só devem ser substituídos pelos médios quando circula um veiculo à nossa frente, ou quando nos cruzamos com um veículo que circule em sentido contrário.

Podemos considerar os locais bem iluminadas como a exceção (mas só se conseguir ver bem numa distância não inferior a 100 metros). 

Luzes indicadoras de mudança de direção
Destinam-se a avisar os outros condutores que temos a intenção de mudar de direção. Sei que para muitos pode parecer estranho, mas esta indicação deve ser realizada com antecedência!

Isto é especialmente importante porque a esmagadora maioria dos condutores não têm perceção extra sensorial, logo, por muito boa vontade que tenham e por mais que tentem, nunca irão conseguir adivinhar o que vai na sua cabeça, tente manter isto em mente quando for ao volante.

Luzes de nevoeiro da Frente
Pelos vistos, parece que dá style circular com as luzes de nevoeiro dianteiras acesas, principalmente em carros chunning (sim, assumo que não gosto de tunning e costumo apelidar essas modificações com o nome de chunning… uma adaptação com origem na palavra chunga), mas a verdade é que as luzes de nevoeiro não servem para dar estilo, servem só para ver melhor e ser visto em períodos de nevoeiro!

Assim, caro condutor, se as condições meteorológicas não incluírem nevoeiro, fumo, chuva intensa ou neve, deixe-as sossegadas ou utilize-as na função cornering.

Luzes de nevoeiro da retaguarda
Excelentíssimos senhores condutores, bem sei que corro o risco de vos chocar com tamanha revelação, mas a verdade é que estas servem para tornar o veículo mais visível em caso de nevoeiro intenso ou de outras situações de redução significativa da visibilidade, ou seja, situações em que só está a orvalhar, ou a cair uma chuva moderada não encaixam na definição atrás… menos ainda quando está mergulhado no trânsito da hora de ponta!

Garanto, é mesmo verdade, quando está numa fila e desliga a luz de nevoeiro, o condutor que está logo a seguir a si continua a vê-lo na perfeição, com a vantagem de não lhe ferir a vista! 

Para os mais distraídos, aquela luz vermelha muito forte ligada na retaguarda de alguns veículos em condições meteorológicas normais e que lhe faz impressão à vista, é a luz de nevoeiro (pasme-se) e exatamente por estarem condições meteorológicas normais é que lhe faz impressão, logo, não faça o mesmo aos outros e guarde a luz para quando for realmente necessária!

Nota: 
Este texto foi escrito em parceria com o Marco Agra, tentámos utilizar humor para abordar coisas sérias de uma forma descontraída, mas pela sua segurança e pela dos outros, utilize o raio das luzes como deve ser, sim?!

 

0 comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários serão publicados, excepto spam e/ou os que contenham linguagem inapropriada.

Laudas mais lidas nos últimos 7 dias