12/05/2017

O amor nem sempre é à primeira vista


Nos dias que correm, tudo tem de acontecer no imediato, reina o já, o agora, o intensamente, etc. 

E o amor não foge à regra, muitas pessoas estão à espera daquela pessoa que chega e "parte a loiça toda" em 3 tempos! 

Tem de ser grandioso, imediato, sentir-se borboletas na barriga e fogo de artifício logo no primeiro contacto, caso contrário é porque não vale a pena. 

De facto o amor não se força, simplesmente acontece, mas será que essas paixões bombásticas acontecem com frequência? E se acontecem, costumam ter futuro? 

Obviamente não estou a dizer que não acontecem, bem como não posso em consciência afirmar que quando ocorrem não têm futuro, mas olhem à vossa volta... 

Já viram não é? 

A verdade é que não faltam exemplos de casais super felizes que não se apaixonaram no imediato, alguns até conviveram bastante tempo noutro contexto e nunca tal lhes tinha passado pela cabeça, até que aconteceu!

Mas constato também, que existe mais gente do que eu julgava, para quem o amor nem acontece de todo!

Pessoas que por motivos vários do seu passado, têm o "botão" do amor no off?

E se estiver off não de uma forma natural, mas sim porque inconscientemente não permitimos que passe a on?

E se estivermos off e à espera das borboletas com fogo de artificio, confetes e tudo o mais, mas afinal o caminho não for por aí?

O que acontece se sem percebermos, no fundo estivermos à espera das borboletas fortes, porque na realidade só nos deixamos ir nos casos em que sabemos que não tem futuro, que só gostamos do impossível, imaginamos que o lobo mau vai ser dócil, ou que a bruxa má não nos vai cozer no caldeirão... e no entanto é o que acontece sempre, e como é o que procuramos, o universo oferece! 

Quantos(as) têm uma personalidade enviesada no amor, colocando-se a jeito para, ou estando estranhamente viciados(as) em colecionar lobos maus ou bruxas más? 

Quantas vezes já ouviram alguém dizer que encontrou a pessoa certa no timing errado? Estranho isso, não é? Se era a pessoa certa está-se sempre a tempo, ou não? Ou afinal não era a pessoa certa? Pior: será que de facto queremos uma pessoa certa na nossa vida? 

O que acontece se pensamos que só o que chega forte e de rompante é que é bom, quando afinal existem sentimentos fortes que não causam tremores de terra, mas que trazem na bagagem uma felicidade extrema e segura a médio/longo prazo?

Perdemos uma oportunidade de ouro em troca de ficar à espera de borboletas na barriga com prazo de validade curto?

Quantos de nós estarão em alguma destas situações? 

Não tenho respostas, mas achei interessante fazer este exercício, pode ser que sirva para abanar consciências! 

Sim, incluindo a minha... 

09/05/2017

Amar também é isso


Quem nunca amou sem ser correspondido, possivelmente tem falta de uma experiência magnifica na sua vida! 

A ver se me explico:

Quando duas pessoas se apaixonam uma pela outra é fantástico, o amor correspondido cria fogo de artifício, sorrisos tolos, cumplicidade, o dar, o dar-se, o descobrir, o partilhar, apoiar... enfim, é lindo. 

No entanto, quando o amor que se sente por alguém não é correspondido da mesma forma, ao contrário de sofrimento, deveria ser encarado com alegria. 

Imagino que por esta altura muitos dos que me lêem devem estar a pensar que estou doido, mas não, reparem:

A pessoa que não sente o mesmo não tem culpa, o amor simplesmente acontece, não se força, e desde que a pessoa não se aproveite disso (pois por vezes existe quem não queira, mas também não deixa de dar esperança porque lhe sabe bem ter um(a) admirador(a) na mão), é uma excelente oportunidade de criar laços incríveis. 

Mais: como por certo todos concordam, existem vários tipos de amor (amor pelos filhos, pelos pais, amigos, etc), ora se por vezes se tem amor por um(a) amigo(a) tão forte como se fosse família (e até mais), porque não aproveitar o amor não correspondido para o mesmo? 

Pessoalmente não entendo quem se afasta de alguém porque ama e não é correspondido, caramba! 

Se não ama da mesma forma que tu, mas gosta de ti, aproveita(!), o amor não correspondido sublima-se e transforma-se em algo igualmente grandioso, mas noutro estado que não uma relação amorosa convencional. 

Amar também é isso, dar tudo, mesmo sabendo que o retorno não é aquilo que desejarias num primeiro momento, no entanto, pode ser tão bom! 

Quem ama afastar-se? Nem pensar! Mas isso sou eu que sou um idealista... 


Publicado em 9.5.17 | Categoria:

04/05/2017

4 de maio


Fiquei a saber acidentalmente que o dia 4 de maio tem mais do que parece à primeira vista!

Querem ver?

Por exemplo:


Foi no dia 4 de maio que a Alice desceu pelo buraco do coelho e foi parar ao país das maravilhas!

Mais:


O dia 4 de maio é o dia Internacional da saga Star Wars!

E por fim... foi no dia 4 de maio que nasceu o autor do Laudas Avulso!

Isto são só coisas estranhas a acontecer neste dia...






13/04/2017

O Universo e uma pessoa podre de boa!

Queres ter um relacionamento feliz? 

Então espera que te apareça uma pessoa podre de boa no coração! 

Aparência física bonita e sorrisos desconcertantes, não são de todo o mais importante, até porque podem esconder muito lixo consciente ou inconscientemente guardado na alma. 

Se alguém te ama, oh pá, mas se alguém te ama mesmo de verdade, não te esconde de ninguém, não te reduz às fotografias onde não estás, apresenta-te aos amigos(as) todos(as), não te manipula, não mente sobre o seu passado, não te cria expectativas para algures daqui a 20 anos, não te impõe escalas de dias onde tu não cabes, e também não está contigo ao mesmo tempo que promete secretamente beijos à francesa, ou com qualquer outra língua, a outra pessoa...

Qualquer uma destas coisas inventadas e escritas ao acaso, ou outras similares, não são amor, podem ser (e são) outra merda qualquer, mas garanto-te que não é amor. 

Se queres ser feliz, não te permitas enganar pelos sentidos e acabares por te enamorar por alguém podre de boa(m) fisicamente, mantém-te atento(a) e prefere uma pessoa que seja podre de boa no coração!

E como é que isso se encontra? 

Não é por certo através de sedução em massa, nem tão pouco através de amizades coloridas, ou sexo sem compromisso. 

Queres saber como? 

Não procures! O Universo encarrega-se de colocar à tua frente alguém especial no meio de todas as pessoas que vais conhecendo "por acaso". 

Aposta mais em ver e sentir com a alma e não recalques a intuição... prefere estes sentidos aos outros 5 que te ensinam desde pequenino(a). 

Pode demorar pouco tempo, ou muito tempo, mas o que é o tempo para o Universo? 

Acredita, acaba por acontecer. 

Depois vai de peito aberto e arrisca, constrói, avança... problemas vão surgir sempre, mas que não sejam problemas inventados, um coração podre de bom não inventa problemas, vive intensamente e resolve tudo em conjunto contigo. 

Se não é assim: salta fora, pois fizeste um erro de casting (acontece). 

Deixa-te ficar sossegadito(a) e confia no Universo, pois quando não tiveres à espera: "click"! 


24/03/2017

Sunlover - à procura da bebida perdida!


Para quem não sabe, Sunlover é uma bebida refrescante, com zero calorias e que estimula o brozeado (isso mesmo, leram bem), mas já lá vamos, primeiro vou começar pelas más noticias:

É perfeitamente natural o(a) leitor(a) não saber que bebida é esta, visto que não se vende em sitio nenhum! 

Mesmo quando foi lançado no mercado (penso que em 2011 ou 2012), época em que existiram uma série de anúncios televisivos e outdoors, com muita pena minha vi-me e desejei-me para conseguir comprar este produto, e o pior é que cada ano que passa a dificuldade aumenta!

No ano passado, numa localidade que vive quase exclusivamente da praia, tive a notável surpresa de ter perguntado no minimercado local se tinham Sunlover e o senhor anuiu que sim com a cabeça, dirigindo-se de seguida para a prateleira dos produtos de limpeza e pegou num Sonasol (medo, muito medo).

Uns minutos depois, entrei num snack bar de praia e fiz a mesma pergunta, as pessoas que estavam a atender pararam e ficaram a olhar para mim com um olhar esbugalhado e expressão de nojo, como se lhes tivesse proposto algo menos próprio lá fora ao sol(!!), tive de esclarecer rapidamente que falava de uma bebida para observar as expressões de alivio a surgirem, juntamente com um “não, não temos”, e pelos vistos, não têm, nem sabem o que é… tal como a maioria.

Resumindo, depois de muito procurar, consegui encontrar no Jumbo e só no Jumbo, não sei se estará disponível noutros locais e eu não consegui encontrar, mas esta é a minha experiência (deixem a vossa nos comentários por favor).

No entanto, já pensaram na possibilidade de negócio que seria o anúncio de uma bebida que favorece o bronzeado, presente numa esplanada junto à praia?! E essa esplanada ter de facto Sunlover em stock para servir os seus clientes! Não sei, se calhar sou só eu, não percebo nada de marketing... e pelos vistos os senhores da marca também não!

Ainda assim, e como adoro esta bebida, fica a minha opinião muito positiva sobre a mesma!

Descrevendo o Sunlover, atualmente estão disponíveis duas bebidas:

A amarela que estimula o bronzeado (e resulta, garanto que resulta mesmo!);

A rosa que dizem dar saúde à pele.

No meu caso particular gosto mais do sabor do original (a lata amarela), é muito agradável e refrescante, acho o rosa um pouco doce e isso não me agrada, mas deixo a sugestão de provarem, se conseguirem encontrar em algum local claro!



Publicado em 24.3.17 | Categoria:

13/03/2017

As pessoas sem caráter

Texto dedicado a todos os que foram ou venham a ser vitimas de pessoas sem caráter.

É inevitável: em algum momento da tua vida vais conhecer pelo menos uma pessoa sem caráter, manipuladora, com necessidade de te rebaixar perante os outros distorcendo a realidade, tendo ao mesmo tempo o cuidado de agradar a todos e ser o centro das atenções, no entanto a mascara irá cair mais cedo ou mais tarde. 

Por isso não te importes que digam mal, deixa que inventem histórias e mentiras sobre ti, deixa que alterem os factos, deixa que se façam de vítimas... deixa que sejam alegres na construção ilusória de uma imagem onde controlam e são superiores. 

Sei que custa, pois o mundo é pequeno e mais cedo ou mais tarde, o acaso faz chegar-te aos ouvidos coisas tenebrosas sobre ti próprio... e que não são verdade! 

Se dói? Sim, nesse instante dói bastante. 

Mas e então? Se pela frente são tão boas pessoas e por trás dizem mal de tanta gente, porque haverias tu de ser uma excepção e não dizerem mal de ti? 

Tranquiliza-te, tudo passa!

Deixa que inventem, deixa que manipulem, o importante é tu nunca pagares da mesma moeda. 

Que bom ser a vítima destas pessoas e não o algós, é sinónimo de que já és espiritualmente um pouco melhor do que foste. 

Mantém-te sereno e íntegro, o que importa verdadeiramente é a tua consciência estar limpa, se fizeste tudo o que podias, afasta-te da(s) pessoa(s) tóxica(s) e sê feliz, mas não sem antes perdoar de coração, pois elas não sabem o que fazem, nem tão pouco o mal que estão a originar para si próprias. 

Assim, e seja qual for a tua crença, ora por elas e envolve-as em carinho sincero, o momento da morte chega a todos e o tempo passa a correr... não guardes mágoas e vive de forma a que a tua própria consciência esteja leve quando chegar a tua hora. 

12/01/2017

O medo não me demove

Temos de lutar pela nossa felicidade, sempre!

E isto é válido tanto na vida pessoal como profissional.

Quando algo nos faz infeliz, é arregaçar as mangas e tentar resolver, dar hipóteses, falar, abrir o jogo de peito aberto e fazer tudo por tudo, é ir à luta e abdicar de algumas coisas em prol de todos.

Mas quando ainda assim, nada do que tentas resulta, o melhor será ir embora e procurar a felicidade noutras paragens.

O medo do desconhecido estará presente, mas o medo não nos pode paralisar.

O importante é ser humano para com todos e manter a consciência tranquila, o resto surge.

A vida é demasiado curta para passar por ela sem a viver verdadeiramente.

Cada um de nós tem valor, cada um de nós é bom a fazer algo, cada um de nós pode pensar pela sua cabeça sem limitações, sem medos.

Se não te valorizam, se não és feliz onde estás, se não concordas com o que te rodeia, vai à luta e muda a tua vida, seja qual for o contexto.

De que vale estares num relacionamento que não te faz feliz?

De que vale ires trabalhar todos os dias num local onde não encaixas?

O dinheiro que ganhas não vale tudo, "status" não dá felicidade, a "imagem" não é nada, pois o que conta é o que vives!

A mim o medo não me demove e nunca me dei mal com isso.


05/01/2017

Star Wars, a força está confusa!



Confesso que não acompanhei a saga de Star Wars, ou melhor, quando era miúdo vi os 3 primeiros filmes, mas fiquei-me por aí. 

Ainda assim e sem ter o objetivo de beliscar a obra de arte que os admiradores tanto defendem, ao olhar para a ordem cronológica da história, vejo-me perdido e decidi escrever de forma ligeira sobre isso mesmo, só porque me dá vontade de rir. 

Vamos ver se nos entendemos: primeiro surgiu o Start Wars, depois saiu O Império Contra Ataca e por fim O Regresso de Jedi, que em conjunto formaram uma trilogia de sucesso, no entanto, anos mais tarde constato que os filmes que vi e eram I, II e III, passaram a ser IV, V e VI, porque afinal saíram outros 3 filmes que passaram a ser I, II e III.

Sinto-me enganado, já que ao fim de uma série de anos contam-me que comecei pelo meio da história, mas adiante, mais recentemente surgiu O Despertar da Força que é o VII e em dezembro de 2016 saiu o Rogue One que ao que parece se situa entre o III e o IV!

Epá... cum camandro! Sou só eu ou isto é confuso?
Quando pensava que o Rogue One era o episódio VIII, afinal é uma espécie de III e meio.

Senhores, primeiro foi o Big Bang e só depois vieram os dinossauros...





Laudas mais lidas nos últimos 7 dias